quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

GCMs mediadores de conflitos participam da comemoração dos 10 anos da atuação do MP em Justiça Terapêutica

Foto: Da esquerda para a direita: GCM Landuar Alencar Filho - IR/ST; GCM Renato Rodrigues de Oliveira – IR/PJ; GCMf Marta Inocêncio - IR/MG; Comandante Operacional Bazzana; Inspetor Sampaio; GCMf Nerciana da Silva Santos - IR/JT, GCM Mauricio Mendonça Villar – IR/CV; GCMf Vera Lúcia da Silva Vignoto - IR/FO


O Ministério Público do Estado de São Paulo, por meio da Promotoria de Justiça Criminal do Fórum de Santana, lançou, na manhã desta terça-feira (19/02), o vídeo "Justiça Terapêutica: é possível fazer!", um documentário de 23 minutos produzido com apoio da Procuradoria-Geral de Justiça e da Associação Paulista do Ministério Público. O lançamento aconteceu no Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Santana e contou com a presença do Procurador-Geral de Justiça, Márcio Fernando Elias Rosa, que presidiu a abertura da solenidade.

Curiosos para aprender, conhecer de perto o funcionamento da Justiça Terapêutica e encontrar pontos comuns que podem ser incorporados no processo de Mediação de Conflitos da GCM, mediadores das sete unidades do Comando Operacional Norte participaram do evento.

Na ocasião, puderam verificar os bons resultados dos mais de 1.300 atendimentos realizados pelo órgão nos últimos 10 anos e conhecer mais um setor que pode ser indicado àqueles que comparecem nas unidades da GCM em busca de solução para seus problemas.

A Justiça Terapêutica é um modelo penal no qual o consumidor de drogas ilegais escolhe entre cumprir uma pena ou receber tratamento de saúde

“Essa oportunidade foi muito importante, pois os mediadores de conflito puderam trocar experiências, criar contatos para aprofundarem o tema e formar parcerias que possam contribuir com a melhoria dos processos de mediação promovidos pela GCM”, ressaltou o Comandante Operacional Norte Marcos Bazzana Delgado.

Também estiveram presentes na solenidade Juízes, Promotores de Justiça, Delegados de Polícia, o Inspetor Renato Sampaio e os Guardas Civis Mediadores de Conflito Landuar Alencar Filho, da Inspetoria Regional de Santana; Renato Rodrigues de Oliveira, Inspetoria Pirituba/Jaraguá; Marta Inocêncio, Inspetoria Regional Vila Maria/Guilherme; Nerciana da Silva Santos, Inspetoria Regional Jaçanã/Tremembé; Mauricio Mendonça Villar, Inspetoria Regional Casa Verde e Vera Lúcia da Silva Vignoto, Inspetoria Regional Freguesia do Ó.

Assista ao Vídeo: “Justiça Terapêutica: É possível fazer!” em http://vimeo.com/mpspoficial/videos


Foto: Da esquerda para a direita: Comandante Operacional Norte, Marcos Bazzana Delgado; Procurador-Geral Márcio Elias Rosa e Inspetor Renato Sampaio

Vereador Ari Friedenbach visita instalações do Comando Operacional Norte da Guarda Civil Metropolitana para conhecer a instituição e buscar subsídios para apoiar os projetos de Segurança Urbana na Câmara Municipal.


Com uma atuação focada na melhoria da segurança pública e na redução da violência o vereador Ari Friedenbach esteve visitando a sede do Comando Operacional Norte da Guardas Civil Metropolitana para conhecer as instalações, o efetivo, saber mais sobre a o trabalho desenvolvido e buscar subsídios para propor projetos ou apoiar aqueles que já tramitam na Câmara Municipal de São Paulo.

O vereador disse acreditar num modelo de atuação do poder público focado em uma gestão participativa, onde existe uma integração entre a população, o profissional de segurança e as autoridades para a construção de projetos e implantação de ações que possam diminuir focos de violência e proporcionar mais segurança para a cidade.

Segundo o vereador “trocar experiências é sempre salutar” e citou sua recente viagem a Santiago do Chile, onde constatou o baixo índice de criminalidade decorrente da inúmeras campanhas que chamam o povo a colaborar na prevenção de violência. Segundo ele “as ações são eficazes porque no período de pouco mais de uma semana em que permaneci no Chile tive oportunidade de ler vários jornais e neles só encontrei uma notícia sobre um pequeno furto cometido naquele período todo”. Ari Friedenbach disse ser importante que os integrantes da Guarda Civil Metropolitana façam viagens a lugares onde mudanças deram certo na redução da criminalidade a fim conhecerem de perto as ações e estudarem a possibilidade de importar modelos positivos para São Paulo.

No encontro os integrantes da GCM puderam mostrar as ações que vêm executando e as mudanças que esperam desse novo governo, incluindo a Câmara Municipal.

Para finalizar o vereador disse ter ficado bastante impressionado com a atuação da GCM e colocou-se à disposição para ajudá-la com o seu mandato – “as portas do meu gabinete estão sempre abertas para a GCM”, disse o vereador.