quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Mais de três mil GCMs foram certificados no curso de capacitação turística



 
 
Fotos: Guty/ SMSU


Nesta terça-feira (14), às 15h, aconteceu a cerimônia de diplomação do curso de capacitação turística, no Palácio das Convenções do Anhembi, com a entrega dos certificados para as últimas turmas, das 60 capacitadas, entre o efetivo da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo. Os integrantes da corporação fizeram o treinamento, proporcionado pela São Paulo Turismo (SPTuris), em parceria com o SENAC e a Secretaria Municipal de Segurança Urbana. Em menos de um ano, foram mais de 3 mil alunos contemplados pelo Programa Capacidade, da SPTuris.

Estiveram presentes na cerimônia, entre outras autoridades, o secretário municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega, o presidente em exercício da SPTuris, Tasso Gadzanis, e o diretor de Turismo e Entretenimento da SPTuris, Luiz Sales, o comandante da Guarda Civil Metropolitana Joel Malta e o coordenador geral do Centro de Formação Flavio Domingos Rosa, além de cerca de 100 alunos da GCM.


Para o secretário de segurança urbana, Edsom Ortega, na cerimônia representando o prefeito Gilberto Kassab, a oportunidade de parceria com a SPTuris tem contribuído muito na capacitação dos guardas. Simultaneamente, a secretaria tem investido em diferentes ações para um serviço de excelência aos munícipes e visitantes da cidade de São Paulo. Uma Guarda que atende e orienta mais de 100 mil pessoas ao mês contribui e valoriza ainda mais a cidade em que atua, destacou Ortega.

O curso, que é parte do programa Capacidade, formou mais de 3 mil integrantes da GCM em 60 turmas. Cada turma passou por um treinamento de 15 horas de duração, sendo 4 dedicadas a uma visitação técnica pela cidade, e incluiu em sua grade curricular matérias como noções de turismo, segurança pública, turismo sustentável, técnicas de comunicação, qualidade no atendimento e dados da atividade turística na cidade de São Paulo.

Segundo o Inspetor Bazana (orador da turma), participar deste curso favoreceu no descobrimento de lugares fantásticos que a cidade dispõe. “Agora estamos aptos a orientar da melhor maneira os turistas que por aqui visitam”.

O Comandante Geral da Guarda Civil, Joel Malta de Sá, destacou que as forças de segurança são referência para o turista em toda a parte do mundo. Neste dia 15 de setembro, data em que a GCM completa 24 anos de existência, oferecer à corporação este curso foi um presente para todos, disse o comandante.

Sobre o projeto “Capacidade”

Iniciado em abril de 2008, o “Capacidade” é o Programa de Capacitação Turística da Cidade de São Paulo, realizado pela SPTuris. A iniciativa surgiu de um convênio entre a Prefeitura de São Paulo e o Ministério do Turismo e já contou com a participação de vários profissionais que atuam da cidade, como taxistas, guias de turismo, agentes de turismo receptivo e, agora, guardas civis metropolitanos.

No total, o projeto formou mais de 4,2 mil participantes que recebem informações importantes sobre o turismo em São Paulo e dicas de como atender o turista. “O objetivo do curso é seguir aprimorando a atividade turística na cidade para receber cada vez melhor os visitantes, inclusive aqueles que virão para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014”, diz o presidente em exercício da SPTuris, Tasso Gadzanis.

Segundo o Coordenador Geral do Centro de Formação, Flavio Domingos Rosa, essa formatura foi um honra para a GCM - que se integrará ainda mais com os visitantes da cidade de São Paulo. “O Turismo em São Paulo é uma das áreas mais promissoras e cabe a segurança fazer bem este papel”, disse Rosa.

Sobre a GCM

A Guarda Civil Metropolitana, foi criada em 15 de setembro de 1986 pelo Prefeito Jânio da Silva Quadros, e tem como missão a proteção de bens, serviços e instalações municipais, conforme previsto no Art. 144 da Constituição Federal.

Atua em toda a Capital e tem como principal órgão gerenciador da política de ensino, o Centro de Formação em Segurança Urbana (CFSU), responsável pela formação, aperfeiçoamento e capacitação dos servidores da GCM (Guarda Civil Metropolitana), com 600 horas/ aula, conforme as diretrizes da Matriz Curricular Nacional para a Formação em Segurança Pública, do Ministério da Justiça.

O CFSU é dinâmico porque propõe soluções frente às novas atribuições exigidas para a carreira e reforça os conhecimentos adquiridos através de pesquisas, de tal forma, que o GCM saia da sala de aula, com condições ideais à sua nova missão constitucional, ou seja, uma atuação integrada com os órgãos de Segurança Pública nas esferas federal e estadual, mais eficaz, preventiva e próxima da comunidade paulistana.

A GCM se faz presente em todas as regiões da cidade e tem como principais atividades, os seguintes programas: Proteção Escolar, Proteção ao Espaço Público e do Comércio Ambulante, Proteção Ambiental, Proteção aos Agentes Públicos e Patrimônio Público, Proteção às pessoas em situação de risco, além de operações e programas através do Gabinete de Gestão Integrada - Gabinete de Segurança em conjunto a outros órgãos e entidades dos Poderes Executivo Municipal, Estadual e da União, que atuam e contribuem na área da Segurança Pública e Urbana.

A Guarda Civil Metropolitana conta também com uma Corregedoria Geral independente. Um espaço democrático aberto à população, e que tem as atividades pautadas na justiça e no respeito aos princípios básicos que regem a Corporação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário