quinta-feira, 29 de abril de 2010

Agenda para discussão do Plano Diretor na Câmara Municipal de São Paulo

 QUINTA-FEIRA, 29/04/2010    



13:00 – 15:00 
Comissão para Elaboração de Proposta de Substitutivo ao PL 671/07
– Plano Diretor
 
Sala
Oscar
Pedroso Horta
1º SS - Sala B

SEGUNDA-FEIRA, 03/05/2010     

14:00 – 16:00 
Comissão para Elaboração de Proposta de Substitutivo ao PL 671/07
– Plano Diretor
 
Sala
Oscar
Pedroso Horta
1º SS - Sala B
 




 http://www.camara.sp.gov.br/acontece.asp

terça-feira, 27 de abril de 2010

Escola Superior de Comandantes de Guardas Municipais - Alunos Convidados


A Escola de Comando da Secretaria Municipal de Segurança Urbana de São Paulo,  em seu corpo  de alunos, além dos mais de 200 Inspetores da Guarda Civil Metropolitana, também conta com a participação especial de Inspetores e Comandantes de outras Guardas Municipais do Brasil.

Na foto acima, da esquerda para a direita estão os alunos: Inspetor Gilson Menezes - Comandante da GM de Osasco/SP; Inspetora Ana Bernardete Oliveira Costa - Coordenadora de Ensino e Capacitação da GM de São Luiz/MA; Inspetor Eduardo Leite - Comandante da GM de Embu Guaçú/SP; Inspetor Marlon Renê Guerreiro de Oliveira - Coordenador de Acompanhamento Técnico de Ocorrências e Ouvidor da GM de Curitiba/PR; Inspetor Francisco Borotta da Silva - Subcomandante da GM de Guarulhos/SP e Inspetor Carlos Natanael Geremias - Subcomandante da GM de Barra Mansa/RJ.  

Nesta foto o Comandante Gilson Menezes entrega ao Comandante Geral da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, Inspetor Regional Joel Malta de Sá, o novo modelo de quepe que passou a ser adotado pela Guarda Municipal de Osasco/SP

sábado, 24 de abril de 2010

Guarda Civil Metropolitana está fadada a ficar de fora no novo Plano Diretor da Cidade de São Paulo

Segundo notícia veiculada na Rádio CBN a Câmara Municipal de São Paulo está discutindo mudanças no Plano Diretor e votação deve ser realizada em 4 de maio.

No atual Plano Diretor Estratégico da Cidade de São Paulo - Lei n.º 13.430/02, elaborado na gestão do governo da então prefeita Marta Suplicy, constam nos artigos 45, 46 e 47 as diretrizes da Política de Segurança Urbana, e nelas estão previstas as atuações da Guarda Civil Metropolitana como sendo seu principal órgão de implementação das políticas públicas para o setor.

Lei n.º 13.430/02 está prestes a ser revogada quando for aprovado PROJETO DE LEI 671/2007, que institui o novo Plano Diretor Estratégico, o qual pretende suprimir totalmente as diretrizes da Política de Segurança Urbana para a cidade de São Paulo e o papel da Guarda Civil Metropolitana naquele contexto.

Vejamos abaixo quais são as principais diretrizes e as atribuições da Guarda Civil Metropolitana de acordo com  o atual Plano Diretor Estratégico da Cidade de São Paulo - Lei n.º 13.430/02.

Art. 46 - São diretrizes da política de Segurança Urbana:
I ...
II ... 
III ...
IV ...
V - a promoção do aperfeiçoamento e reciclagem dos recursos humanos vinculados à segurança, através de treinamento e avaliação do efetivo da Guarda Civil Metropolitana;
VI ...
VII ...
VIII - o estímulo à autonomia das unidades da Guarda Civil Metropolitana;
IX ...
Art. 47 - São ações estratégicas relativas à Segurança Urbana:
I - criar Comissões Civis Comunitárias de Segurança Urbana Distritais compostas por integrantes da Guarda Municipal, membros dos demais órgãos municipais e representantes da comunidade;
II - garantir a presença da Guarda Civil Metropolitana na área central e nos centros de bairro, em parceria com a Polícia Militar, visando à segurança da população;
III - implementar gradativamente a presença da Guarda Civil Metropolitana no entorno das escolas municipais com policiamento integrado à comunidade local, de acordo com os pressupostos do policiamento comunitário;
IV - colaborar para a segurança dos usuários dos espaços públicos municipais;
V - aumentar gradativamente o efetivo da Guarda Municipal visando adequá-lo às necessidades do Município;
VI ...
VII - reciclar o efetivo da Guarda Civil Municipal, visando ao seu aprimoramento profissional;
VIII ...
IX ...
X ...
XI ...





sexta-feira, 23 de abril de 2010

CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE


Nome: Isabelle Mayra Alves Agostinho
Data de Nascimento: 01/06/2006

Portadora de Leucemia Mielóide Aguda, Neoplasia Maligna – CID C92.0.

Valor das Ampolas: Aproximadamente R$ 10.900,00 (para um mês de medicação).

Necessitaria pelo menos para dois meses para que entre em remissão e assim poder transplantá-la em SP.

Empresa que faz a Importação do medicamento da Europa: Medic Supply (Localizada em São Paulo)
- www.medicsupply.com.br - (11)8689-8607 (Rodrigo) 



Esta é a linda borboleta Isabelle, tem 4 aninhos, mora em BH/MG e é Sobrinha da ICR Das Das Dores, chefia da IR-Capela do Socorro.

Conforme sua mãe Karine e laudos anexos, ela teve recaída da doença que foi descoberto na semana passada. Ela está internada e o caso se agravou. CANCER DE MEDULA.

Precisa tomar com URGÊNCIA um medicamento que se chama:

TRIOXIDO DE ARSÊNIO é uma droga ( remédio quimioterápico) para que entre em remissão da doença ( limpeza do sangue e da medula ) e possa fazer o transplante de medula.

Infelizmente, o fato do medicamento ainda não ter sido liberado pela ANVISA no Brasil,  só é conseguido fora do País. Já foi feito alguns contatos e este medicamento custa em torno de US$ 3.600 ( dólar).

Para este medicamento chegar até a Isabelle a família precisa reembolsar mais ou menos, R$ 10.900,00 ( dez mil e novecentos reais).

A família não tem esta quantia, estão tentando vender o carro, mas está complicado, pois ele ainda está alienado.

Em Belo Horizonte tem várias pessoas tentando ajudar fazendo Rifa, Internet, Ong, Doação, enfim fazendo o que pode. Ela precisa tomar este medicamento durante 1 mês mais ou menos. Logo depois disto ela será enviada para São Paulo para fazer o transplante de medula que será da própria medula dela. Em Minas não tem este tipo de transplante, por isso terá que ser feito aqui em São Paulo e para ela vir PRECISA tomar este remédio antes.

Pensando na grande família GUARDA CIVIL, tenho certeza que esta corrente de solidariedade ira mobilizar a todos. Esta sendo aceito qualquer doação em dinheiro conforme segue e ainda que caso alguém tenha alguma facilidade, meios ou conhecimento em adquirir o medicamento entre em contato nos telefones:11-5921.4217/9959.4424 Adriana(email:adriandac@ig.com.br) ou Insp. Das Dores 11-9736.6194(email mariadasdores4@gmail.com). Você que tem acesso a mídia, imprensa, políticos, blog.... divulgue incessantemente, sugira algo, passe aos seus amigos e contatos, pois esta é uma corrida contra o tempo pela vida de Isabelle. Este é o contato de Karine(mãe)031-8824-5308(email: esteves.karine@gmail.com) ou Marli Lilury (31)3441-0310.

BANCO: C.E.F       AG.:0083          CONTA:17863-7
Banco Itaú           AG. 3077            C/C: 29652-7  JANETE ANTONIA ESTEVES ALVES(AVÒ)

Ah, claro, precisamos muito de orações também!!!!!!!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Subcomandante da GCM/SP homenageado com a Medalha Tiradentes na CMSP

Subcomandante da GCM - ICS Marino

Foto: Guty

Nesta terça (20/4), em solenidade na Câmara de São Paulo, o subcomandante da Guarda Civil Metropolitana - Inspetor Francisco Maurício Marino, foi condecorado com a Medalha Tiradentes. Este prêmio é concedido a policiais militares e guardas civis que se destacaram em relevantes serviços em causa pública.

Esta solenidade de homenagem é anualmente por ocasião do dia 21 de abril. O subcomandante Inspetor Francisco Mauricio Marino foi indicado pelo comandante geral da GCM, Joel Malta de Sá e pelo Secretário Municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega, pela dedicação e destaque na sua atuação a frente da GCM.

Foto: Guty

O subcomandante, que está na corporação desde 1988, atribuiu esse reconhecimento a colaboração de todos. Para ele, foram necessários vários passos e acima de tudo amor e dedicação, além da importância das diretrizes de seus superiores. O Inspetor, também ressaltou que ao assumir o cargo, deu prosseguimento aos projetos ao invés de reiniciá-los.

Além da GCM, representantes das polícias militar e civil foram homenageados. A tenente coronel da PM Maria Aparecida Carvalho Yamamoto por seu empenho na execução das funções e capacidade de liderança. Já o investigador da polícia civil, Clodoaldo Paiva Monteiro, pela apreensão de 80 quilos de carnes caninas e felinas e pela apuração de maus-tratos a animais domésticos na região central de Suzano.

A entrega da Medalha Tiradentes foi aprovada por meio do decreto 1/2005 e obteve unanimidade dos vereadores.

Texto: Gláucia Arboleya e Monique Côrrea

Fonte: GCM/SP

Foto: Guty

terça-feira, 20 de abril de 2010

Comandante da Inspetoria Regional de Cidade Tiradentes recebe homenagem do Instituto Humanizar pela implementação de programa ambiental em sua região


No dia 17.04.10, no CEU Agua Azul, o Inspetor Chefe Regional Marcelo Gilberto da Silva Paixão, Comandante da Inspetoria Regional de Cidade Tiradentes recebeu do Instituto Humanizar o certificado Cidadão Amigo da Ecologia, uma homenagem pela implementação de programa ambiental em sua região.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Resumo da Reunião da Secretaria de Segurança Urbana com Sindicatos e Associações

Na manhã desta sexta-feira, na sede da Prefeitura de São Paulo, representantes do Sindicato da Guarda Municipal - Sindguardas-sp (CD Augusto, CD Venerando e GCM Fernando); do SIGMESP (Inspetor Aldo e CD Matos); representantes da ABRAGUARDAS (CD Faria e CD Gonçalves), APGM (GCM Evaristo) e Associação de Inspetores das Guardas Municipais (Inspetor Bazzana); junto com o Comandante Geral da GCM Joel Malta de Sá, e o Subcomandante Geral da GCM Francisco Maurício Marino se reuniram com o Secretário de Segurança Urbana Edson Ortega e seus assessores para discutir a valorização do profissional da instituição através de melhor remuneração pelo trabalho que desempenham.
O Secretário de Segurança Edson Ortega iniciou os trabalhos explanando sobre a situação em que se encontram os processos de gratificações e informou que todos eles ainda estão em fase de conclusão, sem prazo definido para serem apresentados na Câmara Municipal para votação, mas que pretende solucioná-los em menos de 30 (trinta) dias, mas que isso não é uma certeza. Informou que, diferente do que foi divulgado em alguns blogs, não é possível confirmar que até o dia 21/04 já poderão estar na casa legislativa.

Os processos de valorização salarial são:

- Nível Médio;
- Gratificação de Desempenho, cujo valor pode chegar a R$ 2.000,00 a ser pago em 01 ou 02 parcelas anuais;
- Adicional para Trabalhar no Centro (não souberam informar se será para todos que trabalham na região central, ou se será apenas para as atividades operacionais de servidores que atuam em unidades operacionais da região central da cidade - aguardaremos a definição);
- Gratificação de Motorista;
- Gratificação de Função de Comando;
- Aposentadoria Especial;
- Gratificação para desempenho de atividade diferenciada (se refere a uma espécie de hora extra, nos moldes do convênio com a Polícia Militar - Não consta no plano de metas apresentado aos Comandantes de Unidades e não foi mencionada na reunião por parte da Secretaria de Segurança, mas, quando questionado, foi informado que ainda continua em estudos).

Pelos representantes sindicais e das associações foi unânime a opinião de que o fator mais importante seria o reajuste salarial, e que a via mais rápida seria o aumento do RETP. Foi explanado ao Secretário que a baixa remuneração tem gerado grande evasão dos integrantes dos quadros na GCM, e que a desvalorização salarial reflete na qualidade do trabalho do profissional em decorrência da desmotivação e dos problemas financeiros que chegam a afetar até as relações familiares dos guardas municipais.

Foi informado ao Senhor Secretário que já passam de dois anos a espera pelas anunciadas gratificações, e que a demora está gerando o descrédito quanto à possibilidade de se concretizarem.

Foi dito ao Senhor Secretário que no ano de 2006 o Prefeito Gilberto Kassab editou o Decreto 47.691 para aumentar o RETP de 50 para 60%, e que naquela ocasião o procedimento não demandou tantos estudos e nem tamanha demora para chegar naquela decisão, e que o mesmo poderia acontecer neste momento. Os presentes chegaram ao consenso de que é necessário aumentar o valor do RETP antes de se falar em qualquer projeto de gratificação. O Secretário Edson Ortega, quando questionado, informou que não se opõe ao aumento do RETP e que apresentará esta demanda ao Prefeito da Cidade, Sr. Gilberto Kassab.

Foto: Guty

Superintendente de Planejamentos da Guarda Civil Metropolitana visita a Feira Internacional de Segurança com equipe da SUPLAN

O Inspetor Chefe Superintendente Moacir Urban Sorrentino da Superintendência de Planejamento da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, junto com sua equipe de Planejamento Logístico, visitou a 5ª Feira e Conferência Internacional de Segurança Eletrônica - ISC Brasil 2010 - no Expo Center Norte - Pavilhão Verde, que fica na Zona Norte da Capital de São Paulo.

O foco da visita foi conhecer e buscar maiores tecnologias e modernidades na área de segurança pública que possam servir para serem utilizadas pela Guarda Civil Metropolitana.

Senhor Leonardo - representante comercial da RONTAN; Inspetor Bazzana - Coordenador de Planejamento Logístico da SUPLAN; Coronel Camilo - Comandante Geral da PM; Inspetor Chefe Superintendente Sorrentino - Superintendente de Planejamentos da GCM/SP

Durante o tour pela feira de segurança os Inspetores da Guarda Civil Metropolitana receberam os cumprimentos do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Coronel Álvaro Batista Camilo, que também estava em visita pela exposição.

Inspetor Bazzana - Coordenador de Planejamento Logístico da SUPLAN; Inspetor Chefe Superintendente Sorrentino - Superintendente de Planejamentos da GCM/SP

quinta-feira, 15 de abril de 2010

GCM/SP - Representantes Sindicais e Associações participam de reunião com Secretário de Segurança Urbana e Comando para apresentação do Plano de Metas





Na tarde desta quarta-feira reuniram-se na sede da Prefeitura de São Paulo representantes do Sindicato da Guarda Municipal - Sindguardas-sp (GCM Clóvis e CD Augusto) e SIGMESP (Inspetor Aldo e CD Matos); representantes da ABRAGUARDAS (CD Faria e CD Gonçalves), APGM (GCM Evaristo e GCM Cristian) e Associação de Inspetores das Guardas Municipais (Inspetor Bazzana); junto com o Comandante Geral da GCM Joel Malta de Sá, o Subcomandante Geral da GCM Francisco Murício Marino, o Superintendente de Planejamento Moacir Urban Sorrentino e o Superintendente de Operações Dalmo Luiz Coelho Álamo, além do Secretário de Segurança Urbana Edson Ortega com sua assessoria.

A rerunião teve como objetivo a apresenção dos planos de metas para a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, onde os convidos puderam tecer seus comentários e sugestões para colaborar com os rumos da Guarda Civil Metropolitana. Além do plano de metas também foi aberta a oportunidade para discussões a respeito de outras melhorias para a GCM.

As questões relativas à valorização salarial não foram priorizadas naquela reunião em virtude de que o assunto será tratado no próximo encontro que está agendado para o dia 16 de abril de 2010 às 9:30.


terça-feira, 13 de abril de 2010

Homicídios crescem 12% no 1º trimestre

Assassinatos na capital subiram de 315, em 3 meses de 2009, para 353 neste ano, interrompendo tendência de queda registrada há 10 anos

Os assassinatos voltaram a subir na cidade de São Paulo após uma tendência de dez anos de queda.

Dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP) revelam que houve 353 homicídios na capital durante o primeiro trimestre deste ano, número 12% maior do que os 315 do mesmo período de 2009.

Segundo as estatísticas obtidas pelo jornal O Estado de S. Paulo, esse tipo de crime cresceu nas oito seccionais de polícia, em todas as cinco regiões da capital.

Os dados integram o Infocrim, o sistema eletrônico de informações da SSP.

No caso da zona norte, a média mensal de assassinatos foi 18% maior do que nos meses do ano passado.

Santo Amaro, na zona sul, teve registro de 27 homicídios por mês, 13% a mais do que no mesmo período de 2009. No ano passado, a capital registrou queda de 2% de homicídios em relação a 2008. No Estado, a queda foi de 3%, de acordo com a SSP.

O crescimento, no entanto, ainda não indica uma nova escalada na violência na cidade, como a que ocorreu entre 1975 e 1999, período em que as taxas de homicídio na cidade passaram de 8 por 100 mil habitantes para 53.

Com o aumento dos homicídios no primeiro trimestre, a taxa subiu para 12,7 ocorrências por 100 mil habitantes. lhomicídios foram registrados no 1º trimestre deste ano na capital, segundo o Infocrim.

Superlotação de presídios sobe 43% desde 2006

Os 147 presídios do Estado de São Paulo apresentaram um aumento de 43,78% na superlotação desde 2006. Naquele ano, presos em celas com mais detidos do que o adequado somavam 40.174. Atualmente, são 57.765 presidiários nessa situação, segundo dados da Secretaria de Administração Penitenciária obtidos pelo jornal Agora São Paulo.

O Estado promete entregar sete novos presídios neste ano.

Mortes em conflito com a polícia aumentam 52%

Os casos de resistência seguida de morte, ou seja, quando há tiroteio entre policiais e bandidos, cresceram 52% em janeiro e fevereiro, se comparados aos do primeiro bimestre de 2009. As ocorrências subiram de 92 para 140.

A maioria (114) dos casos foi registrada em conflitos com policiais militares em serviço. As outras 26 vítimas morreram em confrontos com policiais militares em folga.

Já o número de agentes da Polícia Militar assassinados cresceu de sete, no primeiro bimestre do ano passado, para 11 no mesmo período deste ano. O aumento dos casos de resistência seguida de morte é um dos crimes que mais preocupam a Ouvidoria da Polícia do Estado, que tem se reunido com entidades de direitos humanos para discutir o tema, segundo O Estado de S. Paulo.

Furtos caem

51% na região central em 2010

A média mensal de furtos registrados nas delegacias do centro no primeiro trimestre caiu 51% em relação ao mesmo período de 2009. Foram, em média, 1.693 casos por mês, ante 3.478 no ano passado. Os de roubo caíram 22%.

Os dados integram relatórios feitos depois que a Polícia Militar passou a coibir a formação de comércio irregular na rua 25 de Março, em dezembro. Contudo, os bandidos que antes atuavam na rua têm se espalhado para outros pontos, como a rua Direita.(grifo nosso)

Região da 25 de Março: queda dos furtos após fiscalização da PM
flávio melgarejo/destak


Guardas Civis Metropolitanos e Policia Militar prendem sequestradores

Parceria entre a Guarda Civil e a Policia Militar de Cidade Tiradentes consegue libertar vítima de seqüestro

O seqüestro de uma professora na EMEF Caio Sérgio Pompeu de Toledo, na Rua Nascer do Sol, 1260, região de Cidade Tiradentes, ocorreu por volta das 11h30 do dia 30/03, quando a vítima Salete Mayoral Alencar Silva chegava ao portão da escola.

Segundo o Inspetor Chefe Regional de Cidade Tiradentes, Marcelo Gilberto da Silva Paixão, a direção ligou para a inspetoria avisando do ocorrido. "Fizemos um contato pelo rádio com a viatura que já se dirigia para a ronda na unidade escolar, onde fica baseada entre 11h50 e 12h50 e passamos a direção que os seqüestradores haviam tomado. Foi graças à proximidade da chegada à escola, que os Guardas Civis lograram êxito em encontrar os bandidos com a professora, numa mata, conhecida como Sitio Conceição", disse o inspetor.

A Policia Militar também foi acionada e os cinco bandidos foram presos em flagrante. A professora, muito assustada, foi encaminhada ao Hospital de Cidade Tiradentes pela Guarda Civil Metropolitana. Um dos seqüestradores estava em liberdade condicional pela prática do delito previsto no artigo 180 do Código Penal (receptação).

O caso foi registrado no 54 º Distrito Policial onde o delegado Estevar de Alcântara Junior elaborou o boletim de ocorrência n.º 1178/2010 com natureza de roubo, sequestro e cárcere privado, com pena prevista de cinco a seis anos em regime fechado para o caso de condenação.

Para os Gcm's a professora informou que o carro modelo Siena prata, placas EMV 0967, de São Paulo foi comprado no dia do sequestro, razão pela qual acredita ter sido seguida pelos bandidos desde a concessionária

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Uma notícia para lá de curiosa.

Segundo notícia veiculada no Jornal O Estado de São Paulo, de 04 de abril de 2010, página C6, com o título "Mulher é Assassinada a facadas na 25 de março", uma mulher foi morta sábado a facadas na Rua 25 de Março, próximo ao Parque D. Pedro II, centro de São Paulo. O homicídio ocorreu perto das 17 horas, após uma tentativa de assalto. Ela foi encaminhada com vida ao Hospital Vergueiro, mas não resistiu. O criminoso foi preso em flagrante pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) e levado à 1ª Delegacia de Polícia.

Será que o Jornal não se equivocou quanto ao nome da rua, ou quanto ao nome da instituição que efetuou a prisão? Como seria possível uma pessoa ser assassinada na rua que conta com o maior número de presença de policiais militares por metros quadrados do mundo e, além disso, o assassino ser preso por guardas municipais que nem atuam mais naquela região?