sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Secretários de Segurança de São Paulo se reúnem para debater propostas para o Estado


O Conselho dos Secretários e Gestores Municipais de Segurança do Estado de São Paulo se reuniu na última sexta-feira (06), para falar sobre o fortalecimento dos municípios em relação à Segurança Urbana. Segundo o presidente do Conselho Estadual e vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Segurança, Edsom Ortega, o objetivo do encontro foi "compartilhar as informações quanto às tratativas em Brasília, na Conferencia de Segurança e outros fóruns do papel do município no Sistema de Segurança Pública, o acesso a fontes de recursos para apoiar os programas e iniciativas dos municípios e a integração com organismos estaduais e federais que atuam na prevenção, repressão e reabilitação na área da Segurança".


O secretário de Segurança, Trânsito e Defesa Civil de Santa Bárbara d'Oeste, Paulo Jodas, discursou sobre o papel do Guarda Civil Municipal na Segurança Pública, e sobre as responsabilidades do funcionário público perante à Constituição, ressaltando a integração entre as polícias e sobre a segurança com cidadania. Jodas lembrou também o importante papel que o município desenvolve na segurança.

Esteve presente no Encontro o Major Albuquerque, representando a Secretaria Estadual da Segurança Pública e o Comando Geral da Policia Militar, que falou da importância da ação integrada dos órgãos que atuam na área da segurança e dos trabalhos conjuntos realizados com as prefeituras municipais.

Para o Secretário Geral do Conselho Estadual, Gilson Menezes, a atuação das GCM's precisa ser atualizada. "Necessitamos aprimorar o marco regulatório das Guardas para evitar a sobreposição de atribuições e para que sejam criados critérios para a criação de novas Guardas, evitando distorções e qualificando as para o seu papel na contribuição ao Sistema de Segurança Publica", informou.

Durante a reunião foram abordadas as metas definidas no Encontro dos Secretários de Segurança em Brasília. Uma delas tem o propósito de confeccionar uma cartilha para orientar as Câmaras Municipais dos municípios na criação das Guardas Civis Metropolitanas para evitar distorções.

No final do Encontro, os 102 secretários e representantes dos municípios puderam opinar sobre a temática debatendo o tema. Para Ortega, os "assuntos abordados contribuem para a elaboração de medidas prioritárias para a redução da violência e da criminalidade no nosso estado, assim como a articulação metropolitana, particularmente do Fórum Metropolitano de Segurança", concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário