quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Criticar

Inspetor Altair e Inspetor Bazzana

Em nosso ambiente de trabalho deparamos freqüentemente com criticas ás ações, decisões ou comportamentos nossos o ou dos outros.

A forma como fazemos ou recebemos criticas podem facilitar ou criar obstáculos para os outros ou para nós mesmo .

Criticas serão sempre necessárias, afinal , de que outra forma os erros poderiam ser corrigidos .

As criticas construtivas o foco da critica está no observado e não nas pessoas.

A critica construtiva deve levar sempre em consideração dois aspectos : Saber qual é a melhor ocasião para abordar o problema .

Perguntar o que o outro sugere para resolver o problema .

Por este motivo elogiar o trabalho e não quem o executou mantém ou eleva a auto-estima .

As criticas destrutivas ataca as pessoas e não o problema e, por isso , gera conflitos. Podem surgir como resultado de inveja e ciúmes ou por falta de habilidade da pessoa que está fazendo a critica . A critica destrutiva provoca divergência, ofende , magoa e passa ao criticado a noção de fracasso , incapaz e culpado .

Para evitar as criticas destrutivas

Não lide com o problema se estiver zangado .

Concentre –se no desempenho ou no comportamento que precisa ser melhorado

Mostre vontade de resolver o problema .

Aqueles que criticam enquanto fingem ajudar estão apenas descarregando suas frustrações . Há sempre pessoas egocêntricas , incessíveis, que sabem apenas criticar e acham isto um direito divino e infelizmente nosso meio esta cheio destas pessoas .

Decidir quando criticar é essencial e quando é melhor ficar calado é essencial .

Uma pequena critica é aceitável se o elogio tiver sido usado para cobrir noventa por cento das atividades de alguém e a critica afetar apenas os dez por cento restantes.

Devemos sim corrigir o que desagradou e não atingir o caráter das pessoas , imaginemos nós em um naufrágio e conseguimos nos salvar em um pequeno pedaço de madeira e neste momento você e seu colega pega dois pedaços de madeira e cada um rema para um lado certamente vocês dois naufragaram novamente sim afundarão juntos .

E fato os psicólogos dizem somos motivados por elogios e desmotivados por criticas.

Se criticarmos de modo aceitável , nossa critica será positiva e teremos apontado tanto os aspectos positivos como os negativos do trabalho de uma pessoa seja ela superior ou subordinada .

Embora o outro possa ficar contrariado com a critica , isso durará pouco. Porém , se nossa critica for destrutiva , seus efeitos sobre a interação ,a comunicação e o relacionamento serão duradouros , se posso dar um conselho acredito que devemos consertar arrumar o negativo e reforçar as atitudes positivas corrigir não é o mesmo que constranger .

____________

Autor:

ALTAIR DANIEL DIAS, INSPETOR, CONSELHEIRO DO DO CONSELHO NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA, DIRETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO CONSELHO NACIONAL DE GUARDA MUNICIPAIS, CONSELHEIRO MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS, CONSELHEIRO PARA PREVENÇÃO OA USO INDEVIDO DE DROGAS, FORMADO EM MARKETING, PÓS-GRADUADO ESPECIALISTA EM SEGURANÇA PÚBLICA , PÓS GRADUAÇAÕ EM PSICOPEDAGOGIA E CURSANDO MBA EM DIREITO CIVIL E SEGURANÇA PÚBLICA, EXTENÇÃO UNIVERSITÁRIA USO INDEVIDO DE DROGAS, INSTRUTOR DE TIRO CREDENCIADO PELO 2º BTL DE POLICIA DE EXERCITO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário